CARREGANDO

Busca

O boom da cerveja artesanal

Redação O Garibaldense 12/04/2021
Empresas cervejeiras de Garibaldi e região investem na produção e estão ganhando mercado / Agência Brasil

Depois de 14 anos de carreira trabalhando em exportação nas empresas Tramontina e Saccaro, em 2012, Luis Paulo Guarnieri, 40 anos, decidiu largar tudo para se aventurar no ramo de cerveja artesanal, algo que já fazia de forma caseira desde 2004. E deu certo. Hoje a Cervejaria Guarnieri é umas das mais conceituadas no ramo.
“Nós fomos um dos pioneiros, não só na região como no Brasil; em 2012 existiam poucas fábricas de cervejas artesanais no país. Iniciamos o negócio como um bar especializado em cervejas artesanais, em 2011, chamado Doppio Malto, e a Cervejaria Guarnieri foi fundada no ano seguinte, em 2012”, comenta. Luis Paulo diz que o foco sempre foi fazer cervejas de excelência. “As vendas foram surgindo naturalmente pela qualidade do nosso produto, hoje estamos presentes em 12 estados, em cidades como Porto Alegre, Balneário Camboriú, Cuiabá, Fortaleza e Florianópolis, em bares e lojas especializadas. E, nos últimos anos, cinco cervejas nossas foram eleitas as melhores do país em suas categorias”, comemora. O carro chefe é a Cachorro Ovelheiro IPA, eleita três vezes a melhor cerveja do Brasil na sua categoria.
A empresa está localizada na VRS 813, próxima ao Parque da Fenachamp, na divisa de Garibaldi com Farroupilha, em uma área de 20 hectares. Como a marca se tornou muito conhecida a nível nacional pelos inúmeros prêmios, os apreciadores da cerveja artesanal cobravam Luis Paulo poder conhecer a fábrica. “Então o caminho natural foi ajustar o local para poder receber pessoas”, diz. O atendimento começou no final de 2018. O local abre para o público sábados e domingos, das 13h às 18h. Durante a semana somente o varejo, das 11h às 17h. Em dias ensolarados recebe entre 500 a mil pessoas. Entre produção e atendimento ao público são 10 pessoas.
Luis Paulo não divulga números de produção e vendas. Para o futuro, o cervejeiro diz que é manter o foco em fazer cervejas de excelência. “Com isso, aumentando nossa presença no mercado”, avalia.

Leia reportagem de duas páginas na edição impressa do O Garibaldense do dia 8 abril.

Outras notícias

Clima e temperatura

 

Online O Garibaldense

O primeiro jornal de Garibaldi

Colunas populares
Curta nossa página