CARREGANDO

Busca

Liga Nacional terá 23 clubes

Redação O Garibaldense 04/03/2021
A equipe do Magnus, de São Paulo, venceu a Liga Nacional em 2020 de forma invicta / LNF, divulgação

Em assembleia virtual, realizada pela Liga Nacional de Futsal (LNF), que reuniu dirigentes de todos os clubes e franqueados, foi definida a edição de 2021 da maior competição de futsal do Brasil. Nesta temporada haverá dois novos nomes, que se juntam aos 21 do ano passado, na busca pelo título. Da região centro-oeste do país, o Juventude, de Dourados, de Mato Grosso do Sul, e o Marechal, de Marechal Cândido Rondon, interior do Paraná, estado que agora soma sete equipes participantes da competição.

O cenário da pandemia, que obrigou a edição de 2020 ter alterada a fórmula tradicional de disputa, irá se repetir esse ano. A decisão foi aprovada pelos clubes, que assim serão novamente divididos em três grupos. Além de respeitar o momento pelo qual o país está passando, com dificuldades em todos os setores, ainda com distanciamento social e protocolos de segurança ligados à saúde, a medida indica a tentativa de redução de custos para os clubes a partir da diminuição de jogos e deslocamentos.

Duas chaves terão oito equipes e uma terá sete. Todos jogarão em turno e returno dentro do grupo, somando 14 rodadas. Após o término da 1ª fase, se classificam os cinco primeiros e o melhor sexto colocado para os playoffs, em direção à final. O critério para a divisão das chaves respeitou a colocação do time na 1ª fase da LNF 2020. Ao todo, na competição, serão 184 jogos.

A Liga Nacional de Futsal 2021 tem previsão de início no final de março e o término para a primeira semana de dezembro. As datas, bem como a tabela de jogos, serão divulgadas em breve. O ‘Jogo dos Craques’ deverá ocorrer em outubro, ao final da 1ª fase, em local também a ser definido.

Além das novidades do Marechal e Juventude, o Brasília permanece como convidado da LNF e a Intelli passará a jogar na cidade de Santo André. Depois do Paraná, com sete representantes, seguem Santa Catarina, com cinco e São Paulo com quatro. O Rio Grande do Sul, da maior campeã da história da competição, a ACBF, com cinco títulos, continua com três integrantes. Minas Gerais encerra o mapa do campeonato com seus dois representantes.

O atual campeão da Liga Nacional de Futsal é o Magnus, de Sorocaba, de São Paulo, que em 2020 venceu o Corinthians na grande final e levou o troféu de forma invicta.

E no domingo, 28, fim de semana a equipe começou a temporada como terminou a anterior. Conquistou a Supercopa, após aplicar 5 a 1 no Minas Tênis Clube, na grande final, na Arena Sorocaba. Agora, disputará uma vaga para a Libertadores deste ano contra o Corinthians, campeão da Supercopa de 2020.

A ACBF já está garantida.

Outras notícias

Clima e temperatura

 

Online O Garibaldense

O primeiro jornal de Garibaldi

Colunas populares
Curta nossa página