CARREGANDO

Busca

Frigoríficos na mira do governo

Redação O Garibaldense 27/04/2020
Já foram confirmadas mortes em unidades de Passo Fundo, Garibaldi e Lajeado / Reprodução

O governo estadual irá publicar uma portaria com normativas e punições por descumprimento para o funcionamento dos frigoríficos no Rio Grande do Sul. O objetivo é reduzir os riscos de transmissão de coronavírus nesses ambientes. Plantas de produção de alimentos de proteína animal se tornaram foco de surtos de coronavírus entre os seus trabalhadores, com mortes já confirmadas em unidades de Passo Fundo, Garibaldi e Lajeado.

O Centro de Operações de Emergência (COE) da Secretaria Estadual da Saúde (SES) informa que 10 plantas frigoríficas no Rio Grande do Sul estão sob monitoramento em razão de surtos já confirmados ou ainda suspeitos entre seus funcionários. Unidades do setor costumam ter grande porte, com quadros entre mil e 3 mil funcionários. Por essas características, os técnicos em saúde do Estado consideram a situação "preocupante pela magnitude que os surtos podem tomar em determinadas ocasiões".

A portaria oficial com as regras deve ser publicada nesta terça-feira, 28, com caráter semelhante ao da normativa 270 da SES, que determinou os requisitos para a reabertura de comércio no Rio Grande do Sul. O documento voltado para os frigoríficos começou a ser discutido no domingo, 26, em uma conferência de vídeo entre a secretária da Saúde, Arita Bergmann, e quase uma centena de prefeitos e vigilâncias municipais de saúde.

Outras notícias

Clima e temperatura

 

Online O Garibaldense

O primeiro jornal de Garibaldi

Colunas populares
Curta nossa página