CARREGANDO

Busca

Renata Agostini

Idade: 45 anos
Local de nascimento: Garibaldi/RS
Profissão: Advogada, Conselheira da OAB Subseção Garibaldi/Carlos Barbosa e Sub-Delegada da Caixa de Assistência dos Advogados.
Status de relacionamento: Casada
Apelido carinhoso: Rê
Sua maior qualidade: Responsabilidade.
Seu maior defeito: Ansiedade
Cuidados pessoais: Praticar atividade física e procuro manter a mente saudável, com bons pensamentos
Paixões: Marido, família e profissão.
Mania: Organização
Time do coração: Grêmio
A característica mais importante de um ser humano é: educação, respeito e caráter.
O que você mais aprecia em seus amigos? A companhia, as conversas e as risadas.
Um sonho: Viver num país melhor, com mais educação, emprego, saúde e segurança.
Um lugar para viver: No Campo, em meio a natureza.
Um sonho de criança: Ser professora
Programa de TV favorito: Filmes e Séries.
Uma música que você se identifique: Era uma vez, Kell Smith
Um livro: A Arte da Guerra - Sun Tzu
O que você detesta? Mentira e injustiça
Que dons você gostaria de ter? O de cantar.
O que você considera uma tragédia? O desmatamento (crime ambiental), uma triste realidade.
Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Nunca pensei em ser outra pessoa.
Um ídolo: Siddhartha Gautama
O que é a morte para você? É a passagem para outra dimensão.
Que defeito é mais fácil perdoar? A falta de atitude por medo de errar.
Seu lema: Foco, Força e Fé
Com o que gasta mais dinheiro? Gasto com o necessário
Viagem perfeita: A que fizemos recentemente de carro – Uruguai/Argentina/Chile.
Seu momento mais feliz: Quando me formei na Graduação de Ciências Jurídicas e Sociais e conhecer as Cordilheiras dos Andes (Chile)
E o mais triste: Ver pessoas passando fome e morrendo nos hospitais por falta de atendimento.
O que faz nas horas vagas? Assisto filmes ou séries.
Se pudesse falar com Deus, o que diria a Ele? Gratidão por tudo!
Animal de estimação: Cachorro e calopsita.
Comida favorita quando criança: batata frita
Um prato que adora comer: Massa e risoto
Um objeto sem o qual não vive: Celular
Maior arrependimento: Demorar para tomar certas decisões e atitudes.
Saudade de... ser criança.
Brincadeira de infância: Amarelinha, carrinho de lomba (rsrsrs) pular elástico.
Uma frase: “A lei da mente é implacável. O que você pensa, você cria; o que você sente, você atrai; o que você acredita torna-se realidade.” (Siddhartha Gautama)
Como você se imagina daqui a 10 anos? Trabalhando muito e viajando quando possível com o marido.
E-mail de contato
[email protected]ni.adv.br